quarta-feira, 4 de março de 2009

Vou dormir. Vou sonhar.
E nesse sonho esperar por ti,
Demore o que demore para te encontrar,
Já que até agora não o consegui.

Faz-me arrepiar com as tuas mãos.
Faz-me sentir bem, por favor!
Faz-me sentir o que sinto, não sei.
Paixão, desejo, atracção... amor?

Faz-me só mais uma caricia,
Dá-me só mais um aperto,
Faz aquele pequeno gesto de malicia
E sussurra-me ou ouvido, bem de perto.

Anda, vem comigo, deita-te ao meu lado.
Enrosca-te, aquece-me e cobre-me
Com esse teu cabelo encaracolado.

Mas... não me acordes,
Deixa-me ficar...
E sonhar...
Que és tu...!

2009

1 comentário:

MS&T disse...

Olá parabéns ao poeta...vá ver o meu blogue também....e se quiser..pode ser um seguidor...do blogue...

http://pensamentospoesiapintura.blogspot.com/